Meu namorado, o Corinthians!

Várias vezes meus namorados me perguntaram: O Corinthians ou eu?

Em 1998 me mudei de Araraquara para São Paulo principalmente para ficar mais perto do Corinthians, por ironia do destino meu namorado de 1998 a 2002 foi um palmeirense. Ele não era apenas mais um porco, era o Conrado Parmerista, o palmeirense mais fanático que conheci.

O fato do Conrado ser fanático ajudava um pouco nosso relacionamento, a maioria das vezes ele entendia minha necessidade de acompanhar o Timão, mas em  2000, quando fui ao Maracanã assistir a final do mundial de caravana com a Camisa 12 ele perguntou: O Corinthians ou eu? Eu gostava muito dele, mas é claro que não perderia a final do mundial por nada. Pouco tempo depois ele entendeu e voltamos a namorar.

O namoro durou até 2002, que foi quando comecei a namorar o Demian, que supostamente é torcedor do time bambi, mas no fundo odeia futebol. Nos primeiros anos de namoro por algumas vezes eu cheguei abrir mão de ir aos jogos para não ficar brigando, estive apenas em jogos mais importantes e em clássicos.

Em 2007, quando o Corinthians estava mal, tive uma conversa séria com Demian e avisei que o Timão precisava muito do meu apoio. Foi meu retorno aos estádios.

Em 2008 o campeonato foi mais sossegado na série B.

Em 2009 foi o ano de aproveitar o Corinthians ao máximo, eu não queria saber de outra coisa. Ainda no começo do Paulistão o Demian perguntou: O Corinthians ou eu? Era um jogo contra o Ituano e ele não entendia a importância de um jogo contra um time pequeno, mesmo assim eu não deixei de ir ao jogo. Voltamos namorar, mas a implicância do Demian não parou, em alguns momentos ele foi compreensivo, em outros teve surtos.

Depois nos separamos quando fui ao Maracanã, a Presidente Prudente, etc, mas sempre acabávamos voltando.

Em 2010 comecei a participar da Rádio Coringão e ter alguns outros jobs relacionados ao Corinthians. Recentemente ele perguntou de novo: O Corinthians ou eu?

Estava insustentável manter o namoro e me dedicar ao Corinthians, mais uma vez eu tive que optar pelo Timão. Dessa vez o fim do namoro com Demian é definitivo, fica o consolo de que o namoro com o Corinthians é eterno é fiel.

Corinthians, amor maior!

Áudio da participação do Demian no programa Fala Fiel da Rádio Coringão. Sua participação foi bem legal, ele se mostrou compreensivo, mas isso só funcionou ao vivo na rádio, na prática foi bem diferente.

17 Respostas to “Meu namorado, o Corinthians!”

  1. Anónimo Says:

    É Sabrina acho que a solução é arrumar um namorado Corinthiano maloqueiro e sofredor igual você rs, ou não?! se achar que sim, ah você já sabe rsrs. Vai Corinthians!

  2. celso kikuchi Says:

    Uma vez corinthians ,corinthians até morrer .Pra frente timao

  3. Michelle Bueno Says:

    Oi Sabrina, olha passo o mesmo que vc… namorei um palmeirense fanático, mas até que era legal pq ele pelo menos gostava de futebol e até me acompanhava nos jogos, hoje mais longe de sampa não perco um jogo do Timão, seja na TV, radinho, no buteco… mas hoje namoro um santista que não é fanático por futebol, me acompanha muito pouco em jogos (quase não vou) e a última briga foi qdo fomos ao cinema e eu fiquei escutando o jogo do Timão e nem dei bola pro filme… Enfim, várias vezes esta mesma pergunta ja foi feita… e eu respondo que tenho duas paixões, mas o coringão veio antes, nasci já com esta paixão… aliás, minha mãe quase dando a luz qdo nasci foi perguntar para o medico qto tinha sido o jogo do Coringão, ficou sabendo que tinhamos ganho, relaxou e eu nasci… e isso é verídico… mas essa historia fica pra proxima, e meu namorado tem que aceitar e pronto!

    VAI CORINTHIANS, VAI NÃO PARA DE LUTAR… VAI TORCIDA FIEL, SARAVÁ SÃO JORGE ELE VAI NOS AJUDAR!!!

  4. Uilson Souza Says:

    Sabrina minha linda!!! Sua história poderia ir para o Fantástico…aquele quadro em que a Gisele Fraga interpreta as histórias dos telespectadores!
    Se não te conhecesse pessoalmente, diria que é uma personagem de novela…ahaha
    Mas, olha…tem sempre meu apoio e minha consideração

  5. Uilson Souza Says:

    Michell Bueno…por favor…relate a história de vossa mãe na sala de parto…fiquei deveras curioso…rs..rs
    abraços

  6. Conrado Says:

    olha… nao foi beeeem assim, tem um pouco de fantasia aí para deixar a historia mais legal. mas isso fica entre nós, né?

    o que vale a pena dizer é que eu sempre te deixei livre para fazer o que quisesse, porque nao admitiria que voce fizesse o contrario comigo. nao é mesmo?

    bjs

  7. Michelle Bueno Says:

    Uilson, vou relatar sim… mas vou primeiro perguntar detalhes pra minha mãe, já que tem coisas que ela nem lembra.. afinal, faz um tempinho isso viu….rs Bom até pra saber que jogo foi este, já procurei nos arquivos e não acho nada sobre jogo do corinthians no dia do meu nascimento, se souber nasci dia 26/04/1982 (segunda) mas foi de madrugada e minha mãe entrou em trabalho de parto no domingo dia 25/04/1982… Que jogo foi esse????????????rs
    Depois ponho lá! bjs

    VAI CORINTHIANS, VAI NÃO PARA DE LUTAR… VAI TORCIDA FIEL, SARAVÁ SÃO JORGE ELE VAI NOS AJUDAR!!!!!!!

  8. Daniel Damasio Says:

    Ééééééé, hehehe! Nem me fale de namoro! Minhas duas experiências não tiveram necessariamente o Corinthians, mas foram uma grande furada (uma delas quase saiu em briga). Desde aí estou livre e desimpedido, não acreditando em amor de namoro, nesse papo furado de que “sua-metade-chegará-na-hora-certa” e blá-blá-blá. Amor por amor, só o da minha mãe e por essa loucura chamada Corinthians.
    (A não ser que um dia tu me achas merecedor da sua companhia e… ah, sei lá!)

  9. Daniel Damasio Says:

    Retificando: não tiveram necessariamente a velha pergunta “ou-o-Corinthians-ou-eu”.

  10. Uilson Souza Says:

    Michelle, na memória eu não lembro…tinha 6 anos e me lembro do jogo que meu tio e meu pai me levaram contra o palmeiras, estreia do casagrande onde ganhamos por 5 a 1.
    Fiz uma pesquisa e sua mãe entrou em trabalho de parto justamente no dia em que o Flamengo foi campeão brasileiro em cima do Grêmio (1 a 0 no olímpico). Neste campeonato o Corinthians foi eliminado pelo Grêmio na semi-final com duas derrotas (2 a 1 no morumbi e 3 a 1 no Olímpico) e esse últmo jogo é de 18/04…pelo menos é o que mostra a pesquisa que fiz.
    Abraços

  11. Michelle Bueno Says:

    OI Uilson, essa pesquisa eu ja tinha feito tbém, e nesse dia foi o menguinho campeão, não moro com minha mãe, por isso a demora em saber detalhes que logo coloco aqui!
    Valeu!!!

    VAI CORINTHIANS, VAI NÃO PARA DE LUTAR… VAI TORCIDA FIEL, SARAVÁ SÃO JORGE ELE BVAI NOS AJUDAR!!!

  12. rafael Says:

    eu sou doente pelo timao,q tal hein tem jeito nois dois?rsrs
    é foda namora uma pesssoa q torce p outro time
    ja aconteceu comigo essa fita ae nunka +,agora
    so kero as corinthians
    É NOIS VAI CORINTHIANS L.H.P.

  13. Bruna F. C. Says:

    É aquela velha história, os opostos se atraem. É sempre aquela zica, normalmente, as meninas fanáticas não namoram quem curte futebol, aí o cara olha pra gente e nos acha louca, neurótica..esse tipo de coisa….o jeito é tentar balancear as duas paixões, mas se tiver que escolher,é Corinthians sempre!

  14. Joyce Amanda Says:

    Adorei ler sua história….
    Atualmente namoro um palmeirense fanático, e as vezes ele briga porque quer sair e eu quero ficar em casa por causa do jogo do timão.
    Mas já o avisei, o corithians é amor pra vida inteira!!!! rsrsrs

  15. Joyce Amanda Says:

    Adorei ler sua história….
    Atualmente namoro um palmeirense fanático, e as vezes ele briga porque quer sair e eu quero ficar em casa por causa do jogo do timão.
    Mas já o avisei, o corithians é amor pra vida inteira!!!! rsrsrss

  16. Junior Says:

    Ainda bem que com os Homens isso é mais dificil de acontecer, vcs mulheres mostram nessa atitude o porque tomam conta de todos os lugares, posiçoes entre outros ou seja, vcs assumem o que ama e se dedicam a isso, Parabens Sabrina, porem se fosse comigo eu ia correr atraz de vc e do corinthians sempre, mesmo seu nao fosse Corinthiano.

  17. Cabral Says:

    Putz, Sabrina !!! Fizemos caminhos opostos … Sai de Sampa (Itaquera) p/ vir p/ Araraquara. P/ ser exato, dia 9/04/1998. Um dia após Coringão 3×1 Gayraní no pacaembu.
    Vim meio de contra peso, pq meu pai foi transferido de trampo e eu tava desempregado, c/ um pivetinho p/ criar, e já viu né ?! Tô aqui até hoje. Sempre colei com a 12, na epoca do Negritude, Rone, Írio, Juninho, Nei etc…
    Fui em alguns jogos da copinha em 2010 na Fonte Luminosa e eu acho que vc estava c/ o Serginho, o Capão, o Dú, o Boca … Certo ? Ainda bem q a minha esposa entende esse lado Roots que eu tenho pelo Timão, afinal motivo de briga em casa é qdo vou ao estádio (qdo possível) e ñ levo ela. Sorte a minha, né ?!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: